Agroindústria é a principal responsável pela expansão da soja

28 de julho de 2021 4 mins. de leitura
A soja é o principal produto do agronegócio brasileiro, podendo ser transformada para diferentes fins

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

Atualmente, a soja é o principal produto do agronegócio brasileiro. O Brasil é líder na exportação do grão e divide o pódio de maiores produtores da oleaginosa com os Estados Unidos. O desenvolvimento da agroindústria ajudou a colocar o grão brasileiro nessa posição.

Em coluna para o Summit Agro, Bartolomeu Braz Pereira, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja), defende que as plantações brasileiras alimentam mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. 

Além disso, a soja é a principal commodity agrícola do Brasil e tem um papel importante na economia do País, movimentando cerca de US$ 40 bilhões em exportações. Hoje, os principais compradores do grão brasileiro são a China, a Holanda e a Espanha.

Os caminhões são os grandes responsáveis por levar a soja para os portos brasileiros. (Fonte: Shutterstock/Alf Ribeiro/Reprodução)
Os caminhões são os grandes responsáveis por levar a soja para os portos brasileiros. (Fonte: Shutterstock/Alf Ribeiro/Reprodução)

O sucesso da cultura da soja está em evolução. Em abril, o Brasil bateu o recorde de exportação da oleaginosa, com 17,3 milhões de toneladas vendidas para o mercado externo, segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia.

Os resultados do cultivo do produto têm forte influência da agroindústria, que expandiu a cultura no Brasil. 

Leia também: 

A influência da agroindústria no cultivo de soja

A principal interferência da agroindústria foi no aumento do uso da soja como matéria-prima em produtos, desde a alimentação até o setor automobilístico. 

O maior destaque fica para a preparação do grão voltado ao consumo, principalmente alimentício. A soja é utilizada na produção de sucos, leites, óleos de cozinha e margarinas. 

Além do setor de alimentos, a oleaginosa é utilizada como componente na produção de shampoo, maquiagem, produtos de limpeza e também de borrachas, fazendo parte da composição de pneus, por exemplo. 

A agroindústria encontrou também uma maneira de isolar a proteína do grão, transformando-a em uma opção de suplemento ou de ração para animais. 

São inúmeros os alimentos consumidos no mundo que são feitos a partir da soja. (Fonte: Shutterstock/Madlen/Reprodução)
São inúmeros os alimentos consumidos no mundo que são feitos a partir da soja. (Fonte: Shutterstock/Madlen/Reprodução)

A expectativa para 2021

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os produtores brasileiros devem colher cerca de 135 milhões de toneladas do grão na safra 2020/2021. O valor é 6% maior do que o colhido na temporada passada.

Os altos números acontecem em uma safra que sofreu com o maior atraso de colheita da história da soja, uma consequência das chuvas e do alongamento de outras culturas no final do ano passado. O atraso atrapalhou um pouco o mercado do grão, que voltou a se recuperar já em abril de 2021.

O preço também deve atingir números históricos na atual safra. A pesquisa feita pelo Centro de Estudos e Pesquisa Aplicada (Cepea) indicou o valor de R$ 179,83 pela saca de 60 quilos da oleaginosa, o maior valor desde 2006, ano em que o Cepea começou a fazer o levantamento a partir do Indicador Esalq/BM&FBovespa.

Não perca nem um fato que acontece no agronegócio. Inscreva-se em nossa newsletter.

Fonte: Brainly, Doc Sity, Summit Agro Estadão.

Este conteúdo foi útil para você?

152100cookie-checkAgroindústria é a principal responsável pela expansão da soja

Canal Agro