VBP da agropecuária deverá alcançar R$ 1,38 trilhão em 2022

28 de julho de 2022 4 mins. de leitura
CNA estima que o Valor Bruto da Produção cresça 4,8% em 2022, considerando os dados consolidados até maio deste ano

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

O Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária será de R$ 1,38 trilhão em 2022, de acordo com projeção realizada em junho pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com os dados consolidados até maio. Isso representa um crescimento de 4,8% em valores reais comparado a 2021, já descontada a inflação.

A estimativa considera o faturamento bruto dos estabelecimentos rurais — tanto de atividades agrícolas quanto de pecuária — e a média de preços recebidos pelos produtores em todo o Brasil. O índice serve como o principal termômetro de desempenho no setor.

Crescimento do VBP da agricultura

Safrinha de milho recuperou (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A safrinha de milho recuperou o volume perdido na primeira temporada. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

O VBP da agricultura, que representa a maior parte do faturamento, saiu de R$ 874,1 bilhões em 2021 para R$ 942,8 bilhões em 2022, um avanço de 7,9%. No entanto, nem todas as culturas apresentaram crescimento; desse modo, o amendoim, o arroz, o cacau, a laranja e o sisal foram impactados pela redução de preços, o que derrubou o faturamento desses produtos.

A estiagem no Rio Grande do Sul e no Paraná, que provocou prejuízo nas lavouras de soja, puxou o principal produto agropecuário do País para baixo. A produção do grão despencou de 138 milhões de toneladas em 2021 para 124 milhões de toneladas em 2022. A alta das cotações amorteceu a queda do faturamento, que recuou em R$ 33 bilhões (7,8%) e ficou em R$ 400 bilhões.

O incremento na atividade agrícola foi sustentado, principalmente, pela recuperação das plantações de milho, que teve um desempenho de R$ 183 bilhões, um valor R$ 35 bilhões (23,4%) superior ao ano anterior. Após uma primeira temporada ruim, o cereal apresentou um aumento expressivo na safrinha.

Confira outros resultados relevantes:

  • algodão (em pluma) — R$ 42,8 bilhões (46,5%);
  • café arábica — R$ 49,3 bilhões (47,2%);
  • cana-de-açúcar — R$ 95,3 bilhões (25,7%).

Leia também:

Recuo da pecuária

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A carne bovina é o segundo produto mais importante do VBP da agropecuária, ficando atrás apenas da soja. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

O faturamento da pecuária teve um leve recuo de 1,3%, partindo de R$ 444,8 bilhões em 2021 para R$ 439 bilhões em 2022. O resultado foi influenciado pela queda no volume e nos preços do leite, bem como pela diminuição da cotação da carne suína.

A produção leiteira recuou em 2 bilhões de litros entre os dois anos, ficando em 32 bilhões de litros em 2022, enquanto o preço médio pago pelo leite caiu de R$ 2,38 para R$ 2,33, subtraindo R$ 7 bilhões do VBP da pecuária.

A retração dos valores da proteína suína teve uma influência maior. A caixa de 15 quilos da carne de porco despencou de R$ 111,07 para R$ 82,07, reflexo da retomada de produção na China; com isso, o setor deixou de faturar quase R$ 9 bilhões.

Porém, o desempenho da carne bovina, que representa mais da metade do faturamento da pecuária, evitou uma redução maior do VBP. O volume da proteína do boi deve crescer 4,1% em 2022, superando as 10 milhões de toneladas. Mesmo com uma leve retração nas cotações, o faturamento deve subir R$ 8,5 bilhões ou 3,8%.

Quer saber mais? Conheça a opinião de nossos parceiros especialistas sobre os principais temas do agronegócio.

Fonte: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Este conteúdo foi útil para você?

194440cookie-checkVBP da agropecuária deverá alcançar R$ 1,38 trilhão em 2022

Canal Agro