Produtores não vão precisar pagar IPVA de veículos agrícolas

24 de janeiro de 2021 3 mins. de leitura
Desde a chegada do ID Agro, produtores estão preocupados com a possibilidade de terem que pagar IPVA das máquinas agrícolas

Notícias do campo

Começo de ano normalmente vem acompanhado de dúvidas e obrigações referentes ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Neste ano, a principal preocupação é dos produtores agrícolas, que estão apreensivos quanto à necessidade de pagar o imposto de veículos agrícolas.

O IPVA pode ser pago à vista ou de forma parcelada. (Fonte: Shutterstock)
O IPVA pode ser pago à vista ou de forma parcelada. (Fonte: Shutterstock)

IPVA no campo

A dúvida surge porque, até hoje, os produtores rurais estão isentos de pagar o imposto sobre as máquinas agrícolas e os tratores. Porém, o governo decidiu tornar obrigatório o registro de veículos agrícolas que circulam por vias públicas na Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro). 

Como existe o registro e os tratores são veículos automotores, a preocupação é de que os novos cadastros acabem gerando um IPVA Rural no futuro, até porque o fato de haver um fichamento desse tipo já atende a um dos pré-requisitos do Código de Trânsito Brasileiro. 

Entretanto, Bruno Lucchi, superintendente técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), deixou claro que a intenção do ID Agro não é essa. Lucchi afirma que a ideia é apenas criar um registro que possa facilitar a vida dos produtores rurais. 

A preocupação ainda se mantém, já que a decisão de cobrança do imposto não cabe ao Governo Federal, mas sim aos estaduais. 

O ID Agro

A Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas é uma criação do CNA e do Ministério da Agricultura. A ideia do projeto é permitir que o produtor rural faça um registro oficial e sem custos tanto dos tratores quanto de equipamentos agrícolas que ele possui. 

A partir do cadastro, será possível a circulação desses veículos em vias públicas, sem a necessidade de emplacamento e licenciamento. A iniciativa também deve trazer mais segurança aos agricultores, facilitando a comercialização de tratores usados, o acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos. 

Afinal, paga ou não paga?

Um trator adesivado com o QR Code do ID Agro. (Fonte: CNA/Reprodução)
Um trator adesivado com o QR Code do ID Agro. (Fonte: CNA/Reprodução)

A partir das falas dos membros da CNA e da definição apresentada de o que é o ID Agro, é possível concluir que o cadastro não deve significar uma cobrança de IPVA em cima dos veículos agrícolas.

Já conhece o Estadão Summit Agro? Saiba o que rolou na última edição do evento

Fonte: Contabeis, DCI, Farmfor.

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Canal Agro