Plano Safra 2021/2022: cooperativas pedem aumento de recursos

16 de abril de 2021 3 mins. de leitura
Cooperativismo solicita ao governo prioridade para pequenos e médios produtores rurais e reforço nas verbas para o Plano Safra

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

Representantes das cooperativas agropecuárias do Brasil se reuniram com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e com outros integrantes do governo que estão ligados ao Plano Safra 2021/2022, cuja temporada começa em julho de 2021 e vai até junho de 2022. A discussão incluiu os interesses dos produtores rurais e as necessidades de adequação do plano de suporte do governo considerando o cenário atual de pandemia e a instabilidade econômica mundial. 

Todas as reivindicações abordadas na reunião devem ser apresentadas de maneira formal ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A proposta será enviada oficialmente em 10 de março, então o governo decidirá quais medidas poderão ser modificadas e como ficará oficialmente o suporte aos produtores rurais.

Entidades solicitam ao governo aumento nos recursos financeiros destinados ao Plano Safra 2021/2022. (Foto: Reprodução/Shutterstock)
Entidades solicitam ao governo aumento nos recursos financeiros destinados ao Plano Safra 2021/2022. (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Reivindicações dos produtores para o Plano Safra 2021/2022

Na reunião virtual entre as cooperativas, a ministra e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, os representantes da agropecuária brasileira demonstraram apreensão em relação a cortes e reduções no Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR). De acordo com o presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), o governo havia sinalizado que o setor agropecuário deveria “se financiar”.

Nesse cenário, os líderes das cooperativas defenderam a importância do crédito rural. Para tranquilizar produtores rurais e profissionais envolvidos na cadeia de produção, Tereza Cristina afirmou que o sistema não está ameaçado e que, na realidade, o governo está buscando melhorar a eficiência desse suporte e ampliar a criação de ferramentas para esse fim. Como exemplo, ela citou o Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA). 

Leia também:

Nova forma de financiamento dinamiza crédito rural 
Novas tecnologias beneficiam o dia a dia da agricultura familiar
Financiamento rural: o que muda com a continuação da crise da covid-19

Aumento nos recursos

Em relação aos recursos financeiros destinados ao Plano Safra, as cooperativas devem solicitar ao governo pelo menos R$ 250 bilhões. No plano atual (2020/2021), a projeção inicial foi de R$ 236,3 bilhões para custeio, comercialização, industrialização e investimentos, mas, de acordo com o coordenador do ramo agropecuário da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Luiz Roberto Baggio, empresas e cooperativas agropecuárias demandam um orçamento muito maior para o capital de giro de seus empreendimentos.

Baggio estima que a agricultura brasileira precisaria, na verdade, de cerca de R$ 900 bilhões para financiamentos. “As cooperativas precisam de volume maior de recursos, especialmente de aporte nas linhas relacionadas a investimentos, para viabilizar a ampliação de agroindústrias e plantas”, ressaltou.

Atenção a pequenos e médios produtores

O debate aberto realizado na reunião ponderou a maior necessidade dos produtores ao suporte financeiro do governo para financiamentos em tempos de crise, sem desconsiderar a redução no orçamento público devido às mesmas condições instáveis causadas pela pandemia de covid-19.

Outro ponto importante citado foi a necessidade de dar maior atenção a pequenos e médios produtores rurais brasileiros. Os representantes das cooperativas demonstraram expectativa positiva e alta de que o governo defenda a importância das entidades para priorizar pequenos e médios negócios do setor, principalmente em relação à agricultura familiar.

Não perca nem um fato que acontece no agronegócio. Inscreva-se em nossa newsletter.

Este conteúdo foi útil para você?

140150cookie-checkPlano Safra 2021/2022: cooperativas pedem aumento de recursos

Canal Agro