Como pequenos produtores podem superar a crise

Pequenos produtores são responsáveis por 67% da mão de obra rural e mais da metade da comida que alimenta os brasileiros

Como pequenos produtores podem superar a crise
25/04/2020 • 3 min. de leitura

Os pequenos produtores precisam encontrar alternativas para superar a crise causada pela covid-19 e continuar a produzir mais da metade dos alimentos que abastecem a despensa dos brasileiros. A agricultura familiar é responsável por 80% do valor de produção de mandioca, 48% de café e banana e 42% de feijão, aponta o Censo Agropecuário de 2017.

O Censo ainda indica que as pequenas propriedades empregam dez milhões de pessoas, o que equivale a 67% da mão de obra do campo. Mais de cinco milhões de famílias representam 77% dos estabelecimentos rurais do Brasil e geram 23% do valor bruto da produção agrícola.

Impactos da crise

(Fonte: Shutterstock)

A cadeia produtiva da alimentação foi classificada como essencial pelo governo federal durante a pandemia. Dessa forma, a agricultura familiar não deve sofrer com falta de demanda, mas vem sendo afetada pelo desestímulo ao deslocamento e fechamento temporário de feiras livres.

Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), no entanto, a distribuição de alimentos está, de forma geral, fluindo bem tanto nas rodovias como nos portos. As feiras livres também já começam a ser reabertas pelo País, facilitando a retomada do escoamento de produtos agrícolas de pequenas propriedades.

Medidas temporárias para pequenos agricultores

O governo prorrogou a validade das Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) por mais seis meses, em função do coronavírus, e os principais bancos do País adiaram o pagamento de dívidas por 60 dias, favorecendo os agricultores familiares.

A CNA apresenta sugestões de medidas para garantir a logística e a distribuição do agronegócio, como a ampliação das compras do governo junto a agricultores familiares e destinadas a famílias carentes. A organização também deve implementar o comércio online de produtos agrícolas, para facilitar as conexões entre produtores, consumidores finais e comerciantes.

Como pequenos agricultores podem superar a crise

(Fonte: Shutterstock)

O pequeno produtor pode e deve tomar algumas medidas para melhorar a eficiência de seu negócio, encontrar novas oportunidades de mercado e inovar seus processos produtivos. Assim, o agricultor pode aumentar as possibilidades de garantir a sobrevivência da sua empresa e a superação da crise.

Melhoria de gestão

Todo o planejamento do negócio precisa ser revisto, e os gastos devem ser analisados desde a produção até a colheita, para verificar a possibilidade de diminuir custos desnecessários. O uso de insumos e de mão de obra pode ser otimizado em parcerias com associações e cooperativas.

Novas oportunidades

O perfil do consumo de produtos agrícolas mudou com a crise. As vendas diretas para consumidores e supermercados devem aumentar, ao passo que para restaurantes devem diminuir. Usar as mídias sociais para divulgar itens disponíveis e agendas de entregas pode ser uma ótima oportunidade para continuar o escoamento da produção.

Inovações no processo

A rotina da propriedade deve continuar, bem como a preparação para novos ciclos produtivos. Receitas de como utilizar insumos produzidos na própria área para compostagem e biofertilizantes são encontradas na internet, de forma gratuita, e podem ajudar a reduzir os custos e manter a produtividade.

Se interessou pelo assunto? Aprenda mais com especialistas da área no Summit Agro. Enquanto isso, acompanhe as notícias mais relevantes do setor pelo blog. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fonte: Agência Brasil, Sebrae e IBGE.