Tecnologia na agricultura: aplicativo auxilia produtores de erva-mate

9 de abril de 2020 4 mins. de leitura
Aplicativo que ajuda a calcular a adubação ideal para as plantas já está disponível para download gratuito

A adubação é um dos fatores mais importantes para o sucesso da produção de erva-mate, uma vez que seu cultivo exige uma grande quantidade de nutrientes no solo. Como a reposição desses compostos não acontece de forma natural, caso não sejam adicionados por meio de uma adubação de qualidade, o solo se esgota, fazendo com que os ervais se enfraqueçam a cada colheita. Contudo, já existem aplicativos que auxiliam os produtores nesse processo.  

Conforme analisa Ives Goulart, engenheiro agrônomo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em entrevista para o site da empresa, “é necessária uma mudança de hábito do produtor de erva-mate, com a adoção de práticas como análise de solo e adubação, para um equilíbrio entre saída e entrada de nutrientes no sistema”.

Aplicativo ajuda a calcular a adubação ideal

A Embrapa Florestas lançou recentemente o aplicativo Ferti-Matte, que auxilia os produtores e técnicos rurais a interpretarem as análises do solo e gerarem um relatório completo, com a recomendação exata da quantidade de adubo e dos nutrientes necessários para o cultivo da erva-mate.

Para começar, o usuário deve fornecer as informações de análise do solo de um determinado talhão, que podem ser tanto reais quanto uma simulação. A partir disso, o aplicativo Ferti-Matte faz os cálculos e retorna um relatório completo, com as quantidades recomendadas de cada macronutriente. Segundo especialistas, os mais necessários na cultura de erva-mate são nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e magnésio.

A quantidade de nutrientes depende também da fase de crescimento da planta: plantio, formação de copa e produção. O Ferti-Matte retorna as quantidades de nutrientes necessárias para o crescimento correto da planta em cada etapa.

(Fonte: Embrapa/Reprodução)

Tecnologia com base na ciência

O algoritmo que faz os cálculos do Ferti-Matte foi criado com base em um dos livros mais importantes sobre erva-mate já publicados no Brasil. A obra Propagação e nutrição de erva-mate foi escrita pelos especialistas da Embrapa Ivar Wendling e Delmar Santin, como resultado de mais de dez anos de pesquisas sobre a planta.  

Para auxiliar nas pesquisas da Embrapa, o aplicativo gera uma base de dados que pode ser acessada por seus especialistas. O objetivo, como pondera Goulart, é prestar uma assistência cada vez melhor aos produtores: “essa base nos dará um panorama de como estão os ervais dos usuários em termos de nutrição. É uma ferramenta excepcional de prospecção de informações e demandas”.

Entretanto, os especialistas da Embrapa são categóricos em afirmar que o aplicativo não substitui a figura do técnico rural: ele serve como um auxílio para o trabalho desse profissional. É ele quem vai calcular a formulação do adubo e a forma de aplicá-lo no solo, a partir dos relatórios do Ferti-Matte.

(Fonte: Embrapa/Reprodução) 

Especialistas a serviços dos produtores

O Ferti-Matte já está disponível gratuitamente na Google Play, para dispositivos Android. Porém, esse não é o único serviço oferecido pela Embrapa para auxiliar os produtores de erva-mate: além dele, a empresa criou o sistema Erva 20, que reúne resultados de pesquisas para aumentar a produtividade e a qualidade dos ervais.

Com base nas pesquisas, a empresa lançou o Manual Erva 20, um guia completo para o manejo dos ervais comerciais. Também existem dois outros aplicativos: o Planin-Matte realiza análises econômicas do plantio de erva-mate, enquanto o Manejo Matte auxilia no diagnóstico das ervas já plantadas e propõe melhorias na administração delas.

O uso dessas tecnologias pode aumentar muito a produtividade das plantações de erva-mate, multiplicando-as em até três vezes. “Enquanto produtores com baixa adoção de tecnologia colhem cerca de sete toneladas por hectare por colheita, produtores com alta adoção de tecnologias chegam a colher mais de 20 toneladas”, afirma Delmar Santin.

Se interessou pelo assunto? Aprenda mais com especialistas da área no Summit Agro. Enquanto isso, acompanhe as notícias mais relevantes do setor pelo blog. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fonte: Embrapa.

Gostou? Compartilhe!