Implantação de 5G pode gerar US$ 77 bilhões para o agronegócio

5 de outubro de 2020 4 mins. de leitura
Relatório elaborado pela Nokia e Omdia afirma que transformação digital por meio do 5G impulsionará produtividade do agronegócio brasileiro

Quer impulsionar seus negócios? Se inscreva no Summit Agronegócio, evento que reúne os maiores especialistas em agro do País.

***

Enquanto vários países já estruturaram a infraestrutura da tecnologia 5G, o Brasil se prepara para o primeiro leilão de espaço do espectro exclusivo em 2021. Esse novo recurso promete acelerar a transformação digital com avanços em diversos setores, inclusive no agronegócio. Um relatório elaborado pela Nokia e Omdia estima que a tecnologia pode gerar US$ 76,8 bilhões para o setor até 2035.

A chegada do 5G pode ter um impacto maior na produtividade em que os agricultores têm menos acesso à tecnologia, por conta da maior capilaridade e estabilidade da conexão. Sendo assim, os produtores podem ter o acesso facilitado a recursos como a agricultura de precisão, que ainda não cresceu devido à péssima conectividade nas áreas rurais.

Embora alguns sensores simples possam ser servidos adequadamente por sistemas de banda estreita, a maioria das tecnologias requerem o uso de grandes quantidades de sensores complexos, exigindo alta capacidade de banda larga. Esse tipo de conexão está indisponível na maioria das propriedades, mas pode ser oferecida pela conexão em 5G.

Transformação digital no agronegócio

Enquanto leilão do 5G não sai, operadores utilizam bandas de 3G e 4G para oferecer a tecnologia no Brasil
Enquanto leilão do 5G não sai, operadores utilizam bandas de 3G e 4G para oferecer a tecnologia no Brasil. (Fonte: Shutterstock)

Os produtores agropecuários podem aproveitar oportunidades com o uso de tecnologia em todas as fases da produção, incluindo preparação da terra, plantio de sementes, cultivo, colheita e criação de gado. Além disso, os agricultores estão continuamente analisando, planejando e tomando decisões sobre suas colheitas e animais com base nas informações que podem obter de cada fase por meio de recursos tecnológicos.

Operação remota

A tecnologia pode ser utilizada, por exemplo, na operação remota de tratores, colheitadeiras e outras máquinas autônomas. Dessa forma, é possível traçar rotas para evitar desperdício de recursos e aumentar o tempo produtivo. Além disso, o controle a distância possibilita que as máquinas operem sob qualquer condições, dia e noite.

Além do maquinário pesado, a nova tecnologia permitirá ampliar o uso de veículos aéreos não tripulados (VANTs), que poderão ter maior alcance e confiabilidade. Os drones podem ser usados, por exemplo, para mapear a terra, analisar o solo e as culturas e aplicar defensivos agrícolas.

Integração de dados

Agricultura de precisão ganhará impulso com nova tecnologia de transmissão de dados
Agricultura de precisão ganhará impulso com nova tecnologia de transmissão de dados. (Fonte: Shutterstock)

A tecnologia propiciará, ainda, a conexão de uma ampla gama de outros tipos de infraestrutura, como sensores conectados ao solo, às plantas e aos animais; sistemas de irrigação e inteligentes de monitoramento de pragas; tecnologias vestíveis. As informações de estações meteorológicas também poderão ser acompanhadas com uma maior frequência. 

Todos esses dispositivos podem ser interligados através uma rede 5G e serem acompanhados em tempo real, a partir de qualquer dispositivo conectado à internet, mesmo que fora da propriedade, para subsidiar decisões importantes quanto a lavouras e animais.

Segurança

Fazendas podem ser particularmente vulnerável a eventos como roubo e incêndio, portanto, sistemas de detecção de incêndio e equipamentos de vigilância alimentados por Inteligência Artificial podem identificar incidentes e desencadear ações corretivas.

Além disso, o 5G permitirá a instalação de sistemas de segurança de várias camadas, incluindo sensores em portões, cercas e de detecção de movimento, bem como câmeras que podem ser conectadas pela tecnologia.

Quer saber mais sobre a potencialidade da 5G no campo? Inscreva-se no Summit Agro, evento que reúne os maiores especialistas em agronegócio do Brasil.

Fonte: Nokia e Olhar Digital.

Gostou? Compartilhe!