Cevada: um case de sucesso de melhoramento genético

14 de novembro de 2019 3 mins. de leitura
A cerveja pode ser considerada uma paixão nacional, e isso se deve ao plantio da cevada, sua principal matéria-prima

O sucesso do plantio da cevada no Brasil e sua consequente distribuição para fabricação de cervejas em território nacional é fruto de um importante trabalho. Graças a medidas de melhoramento genético por meio de pesquisas ligadas à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os resultados refletem o aumento de produção da cultura, assim como o fortalecimento de suas exportações e da produção no País.

O melhoramento genético da cevada

Uma das coisas mais importantes relacionadas a esse tema é o fato de que o melhoramento genético da cevada é fruto da união entre universidades, cervejarias, institutos de pesquisa e agricultores. Com esforços conjuntos foi possível tornar fonte de pesquisas nacionais mais de 90% dos grãos plantados no Brasil. Consequentemente, a cultura triplicou durante as últimas décadas.

Esse sucesso se deve ao desenvolvimento de novas variedades de cevada em um trabalho contínuo de melhoramento genético. Além disso, ao tornar os grãos mais desenvolvidos, é possível melhorar sua resistência a doenças e ter um produto final com mais qualidade para a indústria cervejeira. Tudo isso faz com que haja novas e interessantes possibilidades para esse mercado.

Apesar dos ganhos, ainda há desafios

Mesmo com o aperfeiçoamento genético da cevada, o Brasil ainda é responsável por apenas 43% do total necessário para a indústria do País produzir malte. Isso faz com que haja a necessidade de importar cerca de 400 mil toneladas por ano da Europa, dos Estados Unidos, do Canadá e da Argentina. Levando em conta o recente crescimento do consumo de cerveja pelos brasileiros, cuja fabricação totaliza 13,8 bilhões de toneladas por ano, o território nacional está no terceiro lugar no ranking global, perdendo apenas para chineses e norte-americanos.

A partir da análise desse quadro é possível entender como o melhoramento genético e o aumento da produção de cevada são importantes para o País. Mesmo com os desafios que essa indústria continua enfrentando, já foi possível produzir grandes avanços no cultivo. Sendo assim, as expectativas para os próximos anos com relação a uma melhoria nesse quadro são bastante positivas. Basta que esse trabalho em conjunto continue.

Curtiu o assunto? Reunimos especialistas e autoridades de diferentes áreas do setor de agronegócios. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fonte: Embrapa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Guia da Cerveja.

Gostou? Compartilhe!