Gripe aviária H5N8 é identificada na Alemanha

27 de abril de 2020 4 mins. de leitura
Doença que causa problemas respiratórios foi registrada no leste da Alemanha, em uma criação de frangos

Quer impulsionar seus negócios? Se inscreva no Summit Agronegócio, evento que reúne os maiores especialistas em agro do País.

***

A gripe aviária do tipo H5N8, que causou grandes prejuízos para a Europa em 2019, voltou a preocupar a Alemanha nesse início de 2020. Na segunda quinzena de março, autoridades divulgaram o registro da doença em uma granja de frangos no país. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o risco de contaminação do H5N8 em humanos é baixo. Porém, a organização não descarta totalmente essa possibilidade.

Por isso, e diante de um cenário de pandemia mundial, as medidas de contenção e prevenção de outras doenças respiratórias seguem sendo cumpridas à risca.

(Fonte: Pixabay)

Autoridades alemãs em alerta

O novo caso de H5N8 foi registrado em uma fazenda em Bad Lausick, uma cidade perto do distrito de Leipzig no leste da Alemanha. Cumprindo o protocolo sanitário, todos os animais da granja foram sacrificados, e o local foi totalmente isolado e desinfectado.

Dentre os países que sofreram algum tipo de impacto negativo no final de 2019 por conta desse vírus, estão a Hungria, a Polônia, a República Checa e a Eslováquia. Na Alemanha, o novo registro completa a segunda notificação da doença no país só em 2020 – em janeiro, o vírus foi identificado em uma ave selvagem.

As ações de remediação geram altos prejuízos econômicos para os produtores, causando também impacto na indústria do país e nas relações de abastecimento e importação. Por isso, qualquer sinal de circulação do vírus já é motivo para que os governantes e ministérios do setor precisem se movimentar.

Sendo assim, o governo alemão definiu novas regras para impedir que animais selvagens possam levar o vírus para os de criadouros. Em locais onde há maior risco desse contágio, por exemplo, as aves devem ser mantidas dentro de áreas fechadas e isoladas.

(Fonte: Pixabay)

O que é a gripe aviária – H5N8?

Assim como as demais influenzas, a gripe H5N8 se trata de uma doença viral que causa problemas respiratórios. Algumas das variações desse vírus afetam e infectam os seres humanos, como o H1N1, H7N7, H9N2 e H7N9.

No caso da gripe aviária registrada na Alemanha, a transmissão de pessoa para pessoa é rara e apresenta baixos índices. Já caso uma pessoa tenha contato a longo prazo com animais infectados, há sim grandes chances de contaminação.

Os sintomas da doença em humanos são semelhantes a uma gripe forte, com febre, dores no corpo, cansaço e dificuldade respiratória – na maioria dos casos, há complicações que levam os pacientes a ser internados em UTI.

Diante de um cenário de crise causado pela covid-19, autoridades lutam para que outras doenças registradas sejam contidas o mais rápido possível. Por isso, pedem que seja seguido à risca o protocolo de controle da H5N8: com o sacrifício de todos os animais expostos a outro infectado, quarentena e desinfecção completa do local.

A H5N8 é popularmente chamada de gripe aviária, pois acomete principalmente as aves. No entanto, embora a recorrência nesse caso seja menor, ela também pode ser altamente contagiosa em rebanhos suínos.

Quer ficar por dentro das novidades sobre saúde no agronegócio? O Summit Agronegócio reúne especialistas e autoridades para discutir os temas mais relevantes do setor, como vacinação, H5n8, sanidade animal e melhor manejo para um rebanho saudável. Faça parte da evolução do agro e participe do evento mais completo do setor. Para saber mais, é só clicar aqui!

Fonte: Pebmed.

Gostou? Compartilhe!