Conheça o primeiro sistema orgânico do Brasil para manga

27 de janeiro de 2021 3 mins. de leitura
Pesquisa desenvolvida pela Embrapa para a produção de manga orgânica está disponível para consulta virtual de produtores

Notícias do campo

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) lançou um guia virtual para os produtores interessados em conhecer o primeiro sistema orgânico de cultivo de manga do Brasil. O sistema foi desenvolvido para a Chapada Diamantina, na Bahia, mas pode ser ajustado para todo território nacional, porque todos os princípios básicos do orgânico estão descritos nele.

A produção orgânica tem o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e é regulamentada pela Lei n° 10.831, sancionada em 2003. A lei visa à sustentabilidade econômica e ecológica, à maximização dos benefícios sociais, à minimização da dependência de energia não renovável e emprega, sempre que possível, métodos culturais, biológicos e mecânicos em substituição ao uso de insumos sintéticos.

Desenvolvimento da pesquisa

Produções orgânicas devem ser destinadas a sucos e consumo in natura. (Fonte: Shutterstock)
Produções orgânicas devem ser destinadas a sucos e consumo in natura. (Fonte: Shutterstock)

A pesquisa da Embrapa foi realizada em parceria com a Bioenergia Orgânicos, empresa privada de capital totalmente nacional, que tem interesse em desenvolver o cultivo de manga orgânica para industrialização de sucos. Para o sistema, foram selecionadas duas variedades de manga, a Palmer e Ubá, que se mostraram mais adaptadas à região, com produção de frutos de alta qualidade no sistema orgânico.

O primeiro desafio do sistema foi adaptar um solo pobre em nutrientes para atender às necessidades da cultura. Foi necessário criar uma base para enriquecer o solo, com correção de calcário e gesso, para depois cultivar plantas melhoradoras que ajudaram a aumentar o teor de carbono da terra. O combate a pragas, como a formiga cortadeira, também foi realizada com produtos naturais.

Produtividade superior à média local

A iniciativa deve apoiar pequenos produtores que já produzem manga e , a longo prazo, elevar a disponibilidade da fruta orgânica para os mercados interno e externo. A média de produtividade se mostrou próxima do sistema convencional no Brasil e pouco superior aos valores registrados na Bahia.

Para cada hectare do sistema orgânico, foram produzidas 20 toneladas da fruta, com previsão de chegar a 25 toneladas no próximo ciclo, contra 15,6 t/ha da média baiana de produtividade tradicional. A diferença poderia ser maior, caso tivesse sido utilizado um espaçamento mais adensado (mais plantas por hectare) nos experimentos.

Guia para produção de manga orgânica

O sistema desenvolvido na Chapada Diamantina (BA) pode ser replicado em outras partes do Brasil. (Fonte: Embrapa/Divulgação)
O sistema desenvolvido na Chapada Diamantina (BA) pode ser replicado em outras partes do Brasil. (Fonte: Embrapa/Divulgação)

A publicação traz recomendações técnicas necessárias ao cultivo da mangueira em sistema orgânico, abordando aspectos socioeconômicos e exigências climáticas. O guia também tem informações sobre preparo e manejo do solo, calagem e adubação, variedades, propagação e mudas, implantação do pomar, irrigação, práticas culturais, manejo de pragas, colheita e pós-colheita, mercado e comercialização, coeficientes técnicos e rentabilidade.

O guia, que pode ser acessado pela internet, tem como objetivo contribuir para o crescimento do cultivo orgânico da mangueira na região e ao mesmo tempo influenciar outras regiões brasileiras na adoção da produção orgânica, colaborando, assim, para a melhoria da sustentabilidade na agricultura brasileira.

Já conhece o Estadão Summit Agro? Saiba o que rolou na última edição do evento

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe (ANBA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Agência Brasil.

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Canal Agro