Clima chuvoso favorece cultivo de soja no Nordeste do Brasil

4 de novembro de 2020 3 mins. de leitura
Por sua vez, o clima seco provoca atrasos no plantio da cultura na região Sul

Quer impulsionar seus negócios? Se inscreva no Summit Agronegócio, evento que reúne os maiores especialistas em agro do País.

***

O volume intenso de chuvas deve ultrapassar 150 mm em algumas localidades do Nordeste, segundo dados do Climatempo. Uma semeadura histórica da safra, que normalmente começa em meados de setembro e segue até dezembro, também deve ser observada, já que o solo está mais úmido para o plantio — o que pode resultar em alta produtividade.

Outra região cuja precipitação será favorável às plantações é a Norte, principalmente no Tocantins. Além disso, no Centro-Oeste, a retomada do período chuvoso também é benéfica para a produção de soja. 

Contudo, nos próximos dias algumas áreas do Mato Grosso do Sul, o município de Rio Verde (GO), bem como as regiões de Cuiabá, Rondonópolis e Pantanal mato-grossense serão afetados por uma massa de ar seco, que impede a formação de chuva e atrasa o plantio da cultura.

Clima seco e colheita do trigo

No Sul brasileiro, ao contrário das demais regiões, o início do mês de novembro está sendo marcado pela ausência de chuvas, o que prejudica a produção de soja. No entanto, por outro lado, esse clima seco é benéfico para os produtores de trigo, já que a produção da cultura foi acelerada devido às condições climáticas. 

Estiagem é benéfica para produção de trigo
Ausência de chuvas é benéfica para produção de trigo.

De acordo com dados da Emater-RS, a colheita do trigo deste ano atingiu a marca de 60%, o que equivale a 550 mil hectares.

Cafezais são beneficiados com chuvas

Produção de café é retomada com volta das chuvas.
Produção de café é retomada com volta das chuvas.

Em Minas Gerais e no Espírito Santo, o volume alto de precipitação dificulta as atividades no campo. No entanto, os cafezais que estavam sofrendo com estresse hídrico (quando a demanda por água é maior do que a quantidade disponível) e abortamento de flores, devido à estiagem, serão beneficiados com as condições.

Ainda na região Sudeste do País, em São Paulo, o volume de chuva será reduzido. Algumas pancadas acontecerão principalmente em zonas produtoras, como em Ribeirão Preto e no Vale do Paraíba. 

Quer saber mais como a previsão climática impacta o agronegócio? Inscreva-se no Summit Agro, evento que reúne os principais especialistas do setor no Brasil. 

Fonte: Clima Tempo.