Aplicativos ajudam caminhoneiros a trabalhar durante a pandemia

Tecnologia auxilia motoristas a diminuírem os riscos de contágio de covid-19 e encontrar serviços funcionando na estrada durante a quarentena

Aplicativos ajudam caminhoneiros a trabalhar durante a pandemia
22/04/2020 • 3 min. de leitura

O agronegócio é um dos setores que não podem parar durante a quarentena para conter o avanço do novo coronavírus. Os alimentos produzidos no campo precisam continuar sendo levados até as cidades para garantir o abastecimento, por isso os caminhoneiros estão mais vulneráveis durante a pandemia, tanto pelo risco de contaminação da covid-19 quanto pela indisponibilidade de serviços essenciais para a realização da atividade.

Cerca de 500 mil motoristas dedicados ao agronegócio são responsáveis por movimentar aproximadamente dois terços das cargas brasileiras de grãos, estima a Sotran Logística. Segundo estudos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), devem ser transportados, em 2020, mais de 250 milhões de toneladas de produtos como soja, milho, feijão e arroz.

Se o transporte rodoviário parar, a produção agropecuária não consegue chegar às mesas das famílias brasileiras nem aos portos para ser exportada e contribuir com a economia nacional. Por isso, diversas iniciativas tecnológicas estão sendo utilizadas para tornar possível o trabalho dos caminhoneiros em meio à pandemia.

Dificuldades e riscos

(Fonte: Shutterstock)

Dos 5 mil estabelecimentos de alimentação localizados nas estradas brasileiras, cerca de 32% fecharam totalmente as portas, segundo levantamento da plataforma Repom. Muitos motoristas estão contando com a solidariedade de pessoas que distribuem marmitas para permitir o transporte de carga no País.

Mas as dificuldades enfrentadas pelos caminhoneiros vão além da alimentação. Postos de combustível e outros serviços, como borracharia e banheiros com chuveiro, também podem estar fechados ou funcionando em horário reduzido por causa da quarentena. Além disso, o risco de contaminação dos caminhoneiros é alto, pela quantidade de pessoas com as quais precisam manter contato para exercer a atividade, desde a contratação até a entrega das cargas em diferentes regiões.

Como os aplicativos estão ajudando os caminhoneiros

Soluções que podem ser instaladas no celular estão ajudando os motoristas a diminuírem os riscos de contágio e transmissão do coronavírus e a localizarem com agilidade, durante a quarentena, serviços como alimentação, mercado, banheiros, lojas de autopeças e borracharias.

Os caminhoneiros também podem encontrar postos de atendimento para receber produtos de higiene e orientações médicas e ainda contar com assistência 24 horas para casos emergenciais, como pane elétrica ou mecânica e reboque.

Jornada digital para evitar a transmissão da covid-19

(Fonte Sotran/Divulgação)
(Fonte: Sotran/Divulgação)

Uma plataforma que conecta motoristas e clientes fornece uma solução que minimiza os pontos críticos de contato do caminhoneiro em sua atividade. O aplicativo Tmov, fornecido pela Sotran, permite selecionar cargas para transporte, receber e efetuar pagamentos e ainda disponibiliza os documentos de frete pelo celular.

Com a solução, o profissional pode minimizar o contato físico com clientes e fornecedores, além de evitar carregar objetos que podem transmitir a doença, como papéis ou dinheiro. A solução ainda oferece benefícios como seguro de vida com preços acessíveis, assistência em emergências e descontos em combustível.

A Sotran prevê que, devido à pandemia, os indicadores do total de cargas transportadas por meio de seu aplicativo em março e abril deste ano sejam 40% maiores do que o registrado no mesmo período de 2019.

Localização de serviços disponíveis

A Repom oferece informações dos serviços de alimentação em funcionamento ao longo das rodovias brasileiras. A Edenred, proprietária da solução, possui também as marcas Ticket Log e Ticket. A plataforma levantou que 68% dos restaurantes nas estradas continuam funcionando, mas com medidas de isolamento, como a entrega de marmitas, para combater o coronavírus. De acordo com os dados, 97% dos postos de combustível continuam oferecendo banheiros com chuveiro aos caminhoneiros; e 65% do total de lojas de conveniência ainda estão abertas.

O Ministério da Infraestrutura e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) incluíram duas novas funcionalidades no aplicativo InfraBR, para ajudar os caminhoneiros durante a pandemia, informando o funcionamento de serviços essenciais como postos de combustível e borracharias. A solução também indica a localização de espaços de atendimento com distribuição de produtos de higiene, alimentação e orientações de saúde. O app coleta, ainda, informações sobre o estado de saúde dos caminhoneiros para ajudar o governo a direcionar melhor os recursos para ajudá-los.

Se interessou pelo assunto? Aprenda mais com especialistas da área no Summit Agro. Enquanto isso, acompanhe as notícias mais relevantes do setor pelo blog. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fonte: InfraBR, IBGE, Repom e Sotran.