Conheça o evento

Ações para reduzir o desperdício de alimentos na agricultura

Conter esses índices é essencial para minimizar questões sociais, econômicas e ambientais no âmbito alimentar

Ações para reduzir o desperdício de alimentos na agricultura
09/12/2019 • 3 min. de leitura

A produção atual de alimentos é capaz de atender às necessidades nutricionais dos 7 bilhões de habitantes do planeta. Entretanto, cerca de 821 milhões de pessoas vivem em situação de fome e desnutrição no mundo, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU). A discrepância nesses números está relacionada à perda e aos desperdícios de alimentos, uma questão que deve ser tratada de acordo com a gravidade que representa.

A perda e o desperdício também são responsáveis pela emissão de 8% a 10% dos gases de efeito estufa produzidos por ação humana. Além disso, 38% dos recursos energéticos usados são destinados à produção de alimentos desaproveitados.

Como definição, as perdas se referem a algum processo ineficiente no âmbito agrícola, seja por limitação técnica, seja por alguma questão relacionada ao armazenamento e à embalagem antes de o produto chegar ao consumidor. Já os desperdícios incluem o varejo e o cliente final. As perdas geralmente ocorrem de forma involuntária, por ação de agentes externos, e os desperdícios estão mais relacionados a atos voluntários.

Apesar de terem conceitos distintos, ambos são responsáveis pela redução da oferta de alimentos e por outros prejuízos relacionados à economia e ao meio ambiente. Nesse contexto, minimizar esses fatores é fundamental para saber como consumir de forma consciente e produzir de maneira mais efetiva.

Como reduzir o desperdício de alimentos

Vegetables, Vegetable Basket, Harvest, Garden, Salad
(Fonte: Pixabay)

Planeje a compra

Planejar o que comprar é essencial para evitar desperdícios e ainda economizar. Antes de ir ao local de compra, faça uma lista daquilo que é necessário e considere o período em que irá ser consumido, minimizando os riscos de comprar grandes quantidades e os produtos estragarem pela demora no consumo.

Utilize as sobras

É possível aproveitar ao máximo todas as partes do alimento. Há diversas receitas disponíveis na internet que promovem uma alimentação mais consciente com a utilização das partes que possivelmente seriam destinadas ao lixo.

Armazene os produtos de forma adequada

A conservação adequada é um item primordial para minimizar os desperdícios. Para isso, é importante estar atento à data de validade dos alimentos, armazená-los em ambientes limpos, na temperatura correta e congelá-los em embalagens específicas para essa finalidade.

Calcule as porções no momento do preparo

Sempre considere a quantidade de pessoas que irão comer, para evitar desperdícios. É preciso esquecer o senso comum de que é melhor sobrar do que faltar e iniciar um consumo mais consciente dos alimentos.

Tenha maior cuidado ao comprar

Grande parte dos alimentos é danificada no momento da escolha ainda nos pontos de varejo. Esse fator pode ser minimizado ao evitar apertar os produtos, sempre manipulando-os com o maior cuidado possível.

Como reduzir a perda de alimentos na agricultura

Plantation, Tea, Field, Agriculture, Rural, Farm, Asia
(Fonte: Pixabay)

Estude as áreas de cultivo

Conhecer o solo é essencial para identificar se suas características são adequadas para cultivar determinado alimento. Análises químicas, físicas e hídricas são importantes para prever possíveis problemas, como irrigação ineficiente e necessidades nutritivas do solo, solucionando-as de forma assertiva.

Esteja atento à meteorologia

Além de estudar o solo, considerar os fatores climáticos é primordial, já que cada alimento necessita de uma condição meteorológica específica para se desenvolver de forma adequada.

Controle as pragas de maneira eficiente

O uso indiscriminado de agrotóxicos pode trazer diversos prejuízos, tanto financeiros como para a saúde dos consumidores. Por isso, o controle das pragas deve ser feito de forma específica, após estudo e avaliação dos defensivos que são verdadeiramente efetivos.

Utilize a tecnologia ao seu favor

O uso de tecnologias no âmbito agrícola permite otimizar os processos, reduzindo os custos e as perdas e minimizando a utilização indiscriminada de agrotóxicos. Há diversas maneiras de aplicar inovações na agricultura, como através dos estudos da genética em plantas e do uso dos mais novos defensivos agrícolas e fertilizantes disponíveis.

Atente-se ao processo logístico

De nada adianta tanta inovação e conhecimento na produção se o processo logístico for falho. Dessa maneira, é preciso dedicar atenção aos procedimentos de embalagem, armazenamento e transporte dos alimentos, minimizando os riscos de perda também nessas etapas.

Por se tratar de uma questão referente a toda a cadeia alimentar, é necessário um empenho em conjunto, desde o produtor até o consumidor final. Com isso, é possível haver um consumo mais consciente dos alimentos e investir em programas de apoio e informação, com o objetivo de garantir uma colheita mais eficiente.

Curtiu o assunto? Reunimos especialistas e autoridades de diferentes áreas do setor de agronegócios. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fontes: ONU, Museu do Amanhã.