Como fazer e quais as vantagens do adubo caseiro

12 de novembro de 2020 4 mins. de leitura
Saber como o adubo caseiro pode ajudar pequenos produtores a tornar produção mais rentável e sustentável

Quer impulsionar seus negócios? Se inscreva no Summit Agronegócio, evento que reúne os maiores especialistas em agro do País.

***

A pauta sobre sustentabilidade tem sido reforçada constantemente no agronegócio. A preocupação com os resíduos dos produtos químicos chama a atenção para soluções alternativas, como fazer adubo caseiro dentro da própria fazenda e usá-lo para nutrir a lavoura de pequenos produtores.

É importante ressaltar que o uso exclusivo de adubos orgânicos pode se tornar inviável no caso de grandes produtores rurais. Isso porque, apesar de eficientes, os adubos orgânicos possuem uma liberação mais lenta de nutrientes quando comparado aos insumos químicos – em produções de grande escala, há a necessidade de soluções mais rápidas para suprir culturas de ciclo curto e maximizar a produtividade.

Nesse cenário, é necessário associar os fertilizantes orgânicos aos minerais e/ou químicos para melhorar as propriedades do solo e oferecer todos os elementos essenciais para o crescimento e desenvolvimento pleno das plantas. No caso dos pequenos produtores ou da agricultura familiar, o uso exclusivo de adubos orgânicos se torna viável pela baixa escala, possibilitando até mesmo o cultivo e a venda de produtos orgânicos – mercado que está valorizado e em ascensão.

Composteira com casca de ovo, cebola, restos de alimento
(Fonte: Shutterstock)

Vantagens de produzir e utilizar adubos caseiros

A matéria orgânica é essencial para a conservação e estruturação do solo. Além de deixar nutrientes disponíveis para as plantas, a ação dos microrganismos e dos resíduos preservam a boa umidade e a aeração do solo, evitando deteriorações que prejudicam a produção agrícola, como compactação e erosão.  

Além disso, os adubos orgânicos promovem uma produção mais sustentável, reduzindo os impactos ambientais causados pelos produtos químicos convencionais. Do ponto de vista econômico, saber como fazer adubo caseiro é uma estratégia valiosa para produtores que desejam reduzir os custos de produção e elevar a margem de lucro de seus produtos.

No caso da produção orgânica, onde só é permitido usar insumos orgânicos, a utilização de adubo caseiro ainda auxilia na agregação de valor ao produto final. A possibilidade de montar uma composteira na fazenda ou utilizar resíduos da culinária e do consumo dos moradores da propriedade e familiares impacta de maneira positiva e direta na redução de custos com a fertilização da lavoura.

Mãos abertas segurando um punhado de terra e minhoca
(Fonte: Shutterstock)

Como fazer adubo caseiro: ingredientes que oferecem NPK para as plantas

O primeiro passo para saber como fazer adubo caseiro é reconhecer as propriedades de cada ingrediente e escolher os que estão mais facilmente disponíveis dentro da realidade de cada fazenda. Para quem deseja usar esse insumo em maior quantidade, vale a pena buscar parcerias que possam ser fontes sustentáveis, como o uso de resíduos industriais.

Alguns ingredientes que são comuns na fabricação de adubo orgânico caseiro são:

  • Casca de banana: fonte de potássio (K).
  • Borra de café: fonte de cálcio (Ca), magnésio (Mg) e ácido fólico.
  • Farinha de casca de ovo: fonte de nitrogênio (N).
  • Vinagre branco: fonte de potássio (K) e ajuda a equilibrar o pH de solos mais ácidos.
  • Sal: fonte de magnésio (Mg) e favorece a absorção de nutrientes pelas plantas.
  • Grama cortada ou outra cobertura vegetal: fonte de nitrogênio (N) e ajuda na proteção de cobertura do solo.
  • Cinzas de madeira: fonte de carbonato de cálcio e potássio (K), elas ajudam a equilibrar o pH alcalino dos adubos orgânicos.

Para chegar a proporção perfeita dos nutrientes de acordo com a necessidade da terra, é possível fazer um estudo de demanda e, então, entender qual é a quantidade ideal de cada nutriente para o tipo de cultura. 

Quer saber mais sobre técnicas de cultivo orgânico? Inscreva-se no Summit Agro, evento que reúne os maiores especialistas em agronegócio do Brasil. 

Fonte: Ciclo Vivo.