Mastite bovina: o que é e como tratar a doença

4 de fevereiro de 2022 4 mins. de leitura
Mastite bovina é a principal doença que afeta o gado leiteiro em todo o mundo, causando redução de quantidade e qualidade do leite

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

A mastite bovina é considerada a doença que mais causa perdas econômicas na indústria de laticínios. Isso porque ela reduz a produção e diminui a qualidade do leite. Em média, o custo total da falha devido à mastite bovina é estimado em mais de R$ 800 por vaca por ano, segundo estudo da Universidade do Minho, em Portugal.

Casos graves da doença podem levar à morte dos animais, especialmente se acompanhados de inchaço e vermelhidão no úbere e febre das vacas-leiteiras. Aprenda o que é, como identificar, as causas e a cura para a mastite bovina, garantindo a sanidade do rebanho.

O que é mastite bovina?

A mastite bovina é uma resposta inflamatória do tecido do úbere da glândula mamária, causada por trauma físico ou infecções por microrganismos. O dano ao tecido mamário leva à diminuição da produção de leite e é responsável por 70% das perdas totais. Alguns casos podem progredir para um ponto prejudicial no qual a vaca é sacrificada e, em casos graves, pode até ocorrer morte espontânea do animal.

Como identificar mastite bovina

Período pós-parto é mais suscetível ao surgimento de mastite nas vacas. (Fonte: Juliana Sussai/Embrapa/Reprodução)
Período pós-parto é mais suscetível ao surgimento de mastite nas vacas. (Fonte: Juliana Sussai/Embrapa/Reprodução)

A doença ocorre em duas manifestações diferentes: a mastite subclínica e a clínica. A mastite clínica é facilmente detectada porque se manifesta com alterações visíveis do leite, na forma de coágulos ou flocos. Além disso, a vaca-leiteira apresenta sinais clínicos de infecção e inflamação, como febre, vermelhidão, dor e inchaço do úbere e dos gânglios linfáticos.

A mastite subclínica apenas é diagnosticada por meio de testes, por exemplo, a contagem de células somáticas no leite, porém, nenhum sinal clínico é aparente. A perda contribuída pela mastite subclínica é estimada em uma redução de 25% a 42% do leite produzido, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Leia também:

Como aumentar a eficiência da produção de leite?

A pecuária de leite é um mercado a ser explorado pelas agtechs

Tecnologia viabiliza diagnóstico precoce de mastite bovina

Causas da mastite bovina

A infecção bacteriana intramamária é considerada a principal causa de mastite bovina. Muitas espécies bacterianas foram identificadas como agentes causadores da mastite bovina, mas elas podem ser classificadas em apenas duas classes: contagiosa e ambiental.

A mastite contagiosa refere-se à doença que pode ser transmitida de vaca para vaca, especialmente durante a ordenha. Os patógenos ambientais são oportunistas e aproveitam as chances de causar uma infecção. Por exemplo, eles podem entrar na tetina durante a ordenha devido ao deslizamento da lona.

A doença pode ser favorecida por fatores genéticos, como raças puras ou cruzadas de gado de alto rendimento, pela estrutura do úbere, tamanho e distância entre tetos, idade da vaca, período periparturiente, além de estresse nutricional e do sistema imunológico do animal.

Como curar mastite bovina?

Secagem dos tetos é importante após a ordenha para evitar doenças. (Fonte: Luiz Francisco Zafalon/Embrapa/Reprodução)
Secagem dos tetos é importante após a ordenha para evitar doenças. (Fonte: Luiz Francisco Zafalon/Embrapa/Reprodução)

Alguns casos de mastite bovina se resolvem sozinhos, mas a maioria se resolve somente após o tratamento padrão. Como a causa mais comum são as infecções bacterianas, a principal estratégia para o tratamento é o uso de antibióticos, no entanto, existe uma preocupação com o surgimento de patógenos resistentes aos medicamentos.

Quando a vaca é detectada com uma infecção de mastite ativa durante a lactação, a primeira medida a ser tomada é sacrificar o animal.  

Fonte: Prodap, Vansil, Labgard, Universidade do Minho. 

Este conteúdo foi útil para você?

170970cookie-checkMastite bovina: o que é e como tratar a doença

Canal Agro