Entenda o que é lúpulo e qual é a sua função na cerveja

13 de junho de 2022 5 mins. de leitura
Ainda que o Brasil seja um dos maiores produtores mundiais de cerveja, a maior parte do lúpulo utilizada no País é importada

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

Os principais ingredientes das cervejas, além da água, são o malte, a levedura e o lúpulo. O primeiro é obtido de cereais, inclusive, sendo o argumento de venda das cervejas “puro malte” ou de trigo; já o segundo é o fungo que gera a fermentação; enquanto o terceiro ingrediente costuma ser um mistério para muitos apreciadores de cerveja. Afinal, o que é o lúpulo?

Em resumo, o lúpulo é uma planta da espécie Humulus lupus, nativa do Hemisfério Norte e com crescimento em trepadeiras. Curiosamente, a espécie pertence à mesma família da Cannabis. A produção de cerveja utiliza somente as pequenas flores do lúpulo, porém, quando há apoio, a planta inteira pode chegar aos 10 metros de altura.

O lupulo cresce em trepadeiras, apoiadas por estacas nas plantações (Fonte: Wikimedia Commons)
O lúpulo cresce em trepadeiras que são apoiadas por estacas nas plantações. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Qual é a função do lúpulo na cerveja?

Para entender por que essas pequenas flores verdes fazem parte dos ingredientes da cerveja, é importante compreender suas propriedades químicas. Há séculos, o lúpulo é adicionado às cervejas para conservá-las, pois apresenta substâncias que inibem a ação de bactérias.

Com o tempo, a planta passou a fazer parte da receita ainda na preparação. Quando fervidas, as flores liberam outras substâncias, aquelas que conferem amargor à cerveja. A cerveja Indian Pale Ale (IPA), por exemplo, é conhecida por ter um sabor bastante marcado. Isso porque os ingleses, na época colonial, acrescentavam muito lúpulo nas cervejas enviadas para as colônias na Ásia.

Por fim, também é interessante observar que os óleos essenciais das flores deixam a cerveja mais encorpada e ajudam na estabilização da espuma.

Leia também:

Como é a plantação de lúpulo no Brasil?

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de cerveja, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos (EUA), mas a grande maioria do lúpulo utilizado por aqui é importado. Isso porque a Humulus lupus é uma planta de clima temperado, que se adapta melhor ao clima mais ameno da Europa e dos EUA.

Entretanto, experiências recentes indicam que é possível produzir esse ingrediente no Brasil com qualidade comparável às flores importadas. A Universidade de São Paulo (USP) passou dois anos pesquisando cultivares de Humulus lupus que se adaptassem bem ao nosso clima tropical, e dois tipos da planta — chinook e cascade — apresentaram ótimos resultados.

Outras equipes da universidade também estão detalhando a composição química do lúpulo brasileiro para entender como o utilizar de forma mais adequada na produção de cerveja. A planta também é tema de projetos na Universidade de Caxias do Sul e em Santa Catarina.

De acordo com os dados mais recentes da Associação Brasileira de Produtores de Lúpulo (Aprolúpulo), fundada em 2018, o plantio cresceu 110% entre 2019 e 2020, chegando a 42 toneladas colhidas. Contudo, o número ainda fica bastante abaixo das mais de 3,6 mil toneladas importadas por ano, segundo números do Ministério da Agricultura divulgados pelo Jornal da USP.

O lúpulo é uma trepadeira, que pode crescer até vários metros de altura (Fonte: Shutterstock)
O lúpulo é uma trepadeira que pode crescer até vários metros de altura. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Como plantar lúpulo?

Considerando os dados apresentados acima, compreende-se que o plantio de Humulus lupus no Brasil deve ser feito com todo cuidado, de modo que a planta possa crescer mesmo em um clima tão diferente do seu hábitat natural.

Dessa forma, o método mais utilizado para o plantio é por estacas. Segundo a Aprolúpulo, a estaca demora cerca de dois meses para chegar no ponto ideal de enraizamento para o transplante.

Quanto ao solo definitivo, o ideal é que este seja bem drenado, mas ainda com boa umidade e riqueza de matéria orgânica. Recomenda-se um solo arenoso, para facilitar o crescimento das raízes da planta, e o uso de quebra-ventos caso vente muito na região do plantio.

Outro detalhe bastante importante é o apoio para crescimento da trepadeira. De acordo com o Manual de Boas Práticas para o Cultivo de Lúpulo, da Aprolúpulo, é possível fazer a condução latada (comum no plantio de uvas, por exemplo) ou usar estacas mais altas, como normalmente é feito no Hemisfério Norte. O manual da entidade está disponível para download gratuito no portal da Aprolúpulo, assim como uma lista de fornecedores para quem deseja investir nessa cultura.

Quer saber mais? Assista aqui à opinião e explicação dos nossos parceiros especialistas em agronegócio.

Fonte: Instituto da Cerveja, Jornal da USP, Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul, Associação Brasileira dos Produtores de Lúpulo

Este conteúdo foi útil para você?

186030cookie-checkEntenda o que é lúpulo e qual é a sua função na cerveja

Canal Agro