Como manter a saúde do rebanho de ovelhas?

9 de setembro de 2021 4 mins. de leitura
Os ovinos exigem cuidados especiais no que diz respeito a abrigo, proteção, alimentação e saúde; descubra como manter o seu rebanho saudável

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

A criação de ovelhas é uma atividade muito consolidada no Nordeste brasileiro e está se expandindo rapidamente para as regiões Sudeste e Centro-Oeste. Porém, o crescimento no mercado ovino desperta a necessidade do aprendizado do manejo adequado desse rebanho, que apresenta diferenças importantes quando comparado ao bovino e suíno.

As ovelhas precisam de cuidados especiais no que diz respeito a abrigo, proteção, alimentação e saúde. Confira agora os cuidados necessários para cuidar corretamente de um rebanho de ovinos.

Abrigo

A estrutura ideal para abrigar as ovelhas é o celeiro. (Fonte: Pexels/Reprodução)

Ao preparar um lugar para os ovinos, é necessário proteger as ovelhas da chuva, do sol e do vento para que os animais se mantenham saudáveis. Um celeiro é a estrutura mais adequada, especialmente porque nessa construção é possível separar as ovelhas doentes ou que estejam prenhas do restante do rebanho.

No entanto, é necessário que o local seja ventilado para promover a circulação do ar, especialmente nas regiões quentes e úmidas. Um ventilador pode ajudar a cumprir esse propósito, refrescando o ambiente e mantendo as moscas longe das ovelhas.

No geral, as ovelhas preferem dormir sobre a palha, o que ajuda a manter os animais secos e confortáveis. Uma camada espessa de feno pode ser um substituto em regiões mais frias.

Proteção

Embora esse aspecto seja muito negligenciado por alguns pecuaristas, a proteção das ovelhas é essencial. Os principais predadores dos ovinos são o corvo e o carcará (carancho), que atacam os cordeiros do rebanho. Cachorros, pumas, graxim (lobinho) e o próprio ser humano também representam outros perigos.

A instalação de cercas com pelo menos 1,5 m de altura já é o suficiente para afastar a maioria dos predadores. Se a região for conhecida por perigos maiores, pode ser preciso elevar essa estrutura ou até mesmo eletrificá-las.

Leia também:

Alimentação

As ovelhas costumam pastar por um longo período e por isso precisam de uma área adequada para isso. (Fonte: Pexels/Reprodução)

As ovelhas são animais que consomem, proporcionalmente, mais alimentos do que outros ruminantes em relação ao seu peso corporal. Por isso, é preciso dar especial atenção para o aspecto nutricional da alimentação dos ovinos, dando preferência aos capins dos gêneros Digitaria, Paspalum, Pennisetum, Panicum e Cynodon.

Também é importante destacar que as ovelhas costumam pastar por um longo período – em torno de sete horas por dia. Portanto, é preciso separar uma área proporcional ao tamanho do rebanho. O cálculo pode considerar, além da condição do pasto, clima e região, aproximadamente 0,8 hectares para cada seis ovelhas.

Caso a área de pasto não seja o suficiente, a alimentação pode ser complementada com feno. As ovelhas, geralmente, consomem em torno de 0,5 kg para cada 45 kg do seu próprio peso em feno. No caso de ovinos idosos, lactantes ou muito jovens, a dieta pode receber como complemento uma mistura básica de aveia, soja e milho.

Saúde

As ovelhas são animais que apresentam comportamentos letárgicos e anormais quando estão doentes. Por isso, é preciso verificar a saúde do rebanho com frequência para identificar os indivíduos que estão adoecendo.

Também é preciso ter o cuidado de tosquiar os ovinos antes da chegada do período de altas temperaturas. Os cascos também merecem atenção, pois podem apodrecer e favorecer o surgimento de doenças se não forem adequadamente aparados. 

Fonte: TudoVet, Embrapa.

Este conteúdo foi útil para você?

155120cookie-checkComo manter a saúde do rebanho de ovelhas?

Canal Agro