Chuva ácida: o que é, principais causas e como evitar

23 de fevereiro de 2022 3 mins. de leitura
Os efeitos da chuva ácida podem prejudicar plantações, construções e até a saúde do ser humano

Conheça o mais relevante evento sobre agronegócio do País

Resultado da ação humana no planeta, a chuva ácida é um fenômeno causado por óxidos ácidos lançados na atmosfera. Capazes de se fundir com as águas das chuvas, esses ácidos podem causar diversos prejuízos para o solo, a arquitetura e até mesmo a saúde dos seres humanos. 

Confira, a seguir, o que é a chuva ácida, como ela se forma, suas principais causas e como diminuir seus efeitos.

O que é chuva ácida e como ela se forma?

A chuva ácida é um fenômeno causado pela poluição na atmosfera, sua acidez é medida pela escala de Potencial de Hidrogênio (pH), que pode variar de 0 a 14. Para ser considerada prejudicial, uma amostra de chuva precisa ter o pH abaixo de 5,5. 

O evento se forma quando os óxidos ácidos lançados na atmosfera reagem com a água das chuvas. Os elementos que mais provocam esse evento são os óxidos de enxofre (SO2 e SO3) e de nitrogênio (N2O, NO e NO2), que, ao entrarem em contato com gotículas de água, formam dois vilões: o ácido sulfúrico (H2SO4) e o ácido nítrico (HNO3). 

Prejudicial ao meio ambiente, a chuva ácida provoca danos ao solo, às plantas, às construções e pode até descontrolar ecossistemas. Já nos seres humanos ela causa, principalmente, doenças respiratórias.

Leia mais:

Como as mudanças climáticas impactam o agronegócio?

Como a tecnologia ajuda a aumentar a produtividade em estufas

O Brasil agroconsciente só depende da consciência de suas lideranças

As principais causas da chuva ácida

A chuva ácida é um evento provocado principalmente pela ação humana na terra. Seus principais causadores são a fumaça com fuligem liberada pelas indústrias e pelos resíduos que os motores de automóveis deixam nas cidades. 

Esses eventos liberam componentes como enxofre (SO2 e SO3), chumbo (Pb), zinco (Zn) e cádmio (Cd) na atmosfera, que agem junto à água e provocam a chuva ácida. 

Algumas causas naturais, como erupções de vulcões, também podem ser capazes de contribuir para a formação desse evento. Contudo, os efeitos desses fenômenos não chegam nem perto das ações do ser humano, que tem uma escala muito maior.

Como diminuir a chuva ácida?

Os efeitos da chuva ácida a longo tempo começaram a preocupar diversas esferas da sociedade, que começaram a discutir formas para diminuir seus impactos e impedir que ela aconteça. 

Entre as soluções apresentadas mais populares estão a instalação de filtros em carros e chaminés, investimentos em fontes de energia alternativas, promoção da carona solidária, aumento na pesquisa em eficiência alternativa e o investimento nas pesquisas em eficiência energética.

Confira aqui como a chuva ácida pode prejudicar o agronegócio.

Fonte: Toda matéria, Brasil Escola, Iberdrola, Ecycle, Manual da química, Stoodi.

Este conteúdo foi útil para você?

172222cookie-checkChuva ácida: o que é, principais causas e como evitar

Canal Agro