Conheça o evento

Como a tecnologia ajuda a aumentar a produtividade em estufas

Monitoramento por meio de dispositivos tecnológicos e automação de manejos essenciais são grandes vantagens para o cultivo em estufa

Como a tecnologia ajuda a aumentar a produtividade em estufas
25/06/2020 • 3 min. de leitura

Além de impactar fazendas de grande extensão, a tecnologia tem feito a diferença na agricultura familiar e em propriedades de pequeno porte. A aplicação de técnicas e dispositivos de inteligência artificial em estufas, por exemplo, pode ajudar o produtor rural a transformar sua capacidade produtiva e a rentabilidade do negócio.

O uso da tecnologia no cultivo em estufa favorece o alcance máximo de produtividade em espaço reduzido e colabora para a maior qualidade da colheita. Como resultado, o cultor alcança preços melhores de venda devido ao alto valor agregado.

Benefícios do cultivo em estufa

(Fonte: Shutterstock)

Para entender melhor como o cultivo em estufa pode ser vantajoso, é importante ressaltar a relação entre clima e agricultura. Cada cultura tem particularidades e preferências climáticas que são essenciais para garantir o bom desenvolvimento das plantas; quando essas condições não são favoráveis, a resposta do cultivo é negativa.

Em lavouras de larga escala, controlar os fatores ambientais que as influenciam é praticamente impossível. Em alguns casos, os produtores usam sistemas extensos e caros de irrigação para conseguir regular ao menos uma das condições determinantes para a produção, como a falta de chuvas.

Existem ainda muitos pontos importantes que podem afetar a produtividade e a rentabilidade da lavoura, como:

  • falta ou excesso de chuva;
  • baixa umidade do ar ou excesso de umidade no solo;
  • variação de luminosidade entre dias curtos e longos;
  • ventos fortes que causam queda precoce de flores e frutos;
  • frio ou calor não adequados para a cultura;
  • geadas que queimam a vegetação e causam perdas.

Cada característica do clima pode ser decisiva para que haja ou não uma safra de sucesso. Ao conseguir controlar todos esses fatores, como acontece no cultivo em estufa, o empresário reduz significativamente os maiores problemas enfrentados no campo aberto.

Com o uso de tecnologia nas estufas, é possível ajustar a incidência de luz por meio de sombrites e outras coberturas com diferentes tipos de malhas, por exemplo. Isso ajuda na condução correta da luz durante as fases das plantas, quando precisam de dias mais longos ou mais curtos para seu pleno desenvolvimento. Desse mesmo modo, a irrigação e a adubação também podem ser reguladas de forma personalizada e com aplicação automática.

As estufas promovem a proteção da cultura contra ventos fortes, chuva em excesso, geadas e temperaturas inadequadas que causam morte de flores e frutos. Todas essas medidas precisas de manejo acarretam produtos com maior qualidade, garantindo a produtividade e a rentabilidade.

Tecnologia a favor da produtividade no cultivo em estufa

(Fonte: Shutterstock)

Para que o ambiente possa ser controlado corretamente, o uso de tecnologias que funcionam de forma independente é o mais recomendado. Como exemplo, podemos citar os sistemas automatizados de irrigação, que funcionam em horários determinados pelo produtor.

As adubações também podem ser programadas, inclusive em conjunto com a irrigação, principalmente em caso de cultivo por hidroponia. Também é importante que o acompanhamento da temperatura e da umidade dentro da estufa seja feito todos os dias, para evitar efeitos reversos e estabelecer soluções de controle e adequação do ambiente.

Atualmente, existem empresas que trabalham com sistemas integrados de gestão e monitoramento que ajudam os produtores a observarem a situação das produções em qualquer hora e lugar. O uso de sensores, por exemplo, permite que os dados sejam consultados por aplicativos em tablets ou computadores.

Essa conexão integrada entre as condições climáticas da estufa e as necessidades da cultura implantada facilitam a tomada de decisão na hora certa, evitando atrasos que geram perdas e eliminando os demais problemas em plantações convencionais não controladas.

Quer ficar por dentro das novidades tecnológicas no agronegócio? O Summit Agronegócio reúne especialistas e autoridades para discutir os temas mais relevantes do setor, como drones, GPS, uso de softwares e tecnologias para sustentabilidade. Faça parte da evolução do agro e participe do evento mais completo do setor. Para saber mais, é só clicar aqui!

Fonte: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).