Opções vantajosas

31 de outubro de 2018 4 mins. de leitura
Na categoria pick-ups médias, a Ford Ranger e a Nissan Frontier oferecem ótimo custo-benefício, além de apresentarem conforto superior em relação às líderes de mercado
O mercado de caminhonetes continua aquecido no Brasil. Na categoria de pick-ups médias, há três anos a Toyota Hilux e a Chevrolet S10 dividem a preferência dos compradores, conforme noticiou o Caderno Agro de dezembro de 2017. Além delas, há outros modelos interessantes que trazem conforto ao usuário e possuem excelente custo-benefício. Por isso, nesta edição, a reportagem traz a avaliação da americana Ford Ranger e da japonesa Nissan Frontier. FORD RANGER – FORÇA BRUTA E ESTILO NO CAMPO Disponível em 11 versões: três flex e oito diesel. O valor inicial parte de R$ 109.390 (versão XLS, cabine dupla, com motor flex 2.5 de 137 cv e câmbio manual) e atinge R$ 188.990 (versão Limited, diesel, 4×4, com motor 3.2 de 200 cv e transmissão automática de seis velocidades). Este foi o modelo testado pela reportagem do Caderno Agro. A caminhonete transmite requinte a robustez no primeiro olhar. A grade cromada da frente impõe respeito, e a direção elétrica torna o veículo confortável para as manobras do dia a dia. A carroceria é firme e gera pouco desconforto no uso urbano. A central multimídia é compatível com Apple CarPlay e Android Auto, tem rádio, GPS, ar-condicionado dual zone, entrada USB, bluetooth, câmera de ré e sensores traseiros e dianteiros. Os bancos são de couro, e o do motorista tem regulagem elétrica. No entanto, o interior parece transplantado dos automóveis da Ford. A versão testada tem botão seletor de tração no painel, mas fica devendo chave de presença e faróis de xênon, itens encontrados na Frontier e na nova Hilux. Dentre as pick-ups da categoria, a Ranger é a que tem mais eletrônica embarcada. Conta com sistema de troca involuntária de faixa, que faz correções no volante para manter o veículo na faixa; piloto automático adaptativo, que freia o carro para evitar colisão; além de controles de partida em rampa, descida, tração e estabilidade. No quesito segurança, vem equipada com sete airbags. A suspensão da Ranger é bem acertada e absorve facilmente as imperfeições do chão de terra. Subidas íngremes são vencidas sem dificuldade pelo forte motor 3.2 e seus 47,9 kgfm de torque. Um ponto negativo é o ruído, que chega a incomodar em longas distâncias. O consumo também decepciona: a média foi de 9,5 km/l no uso misto (campo e cidade) e 11,2 km/l no uso rodoviário. NISSAN FRONTIER – CONFORTO E HONESTIDADE Disponível em duas verões, SE e LE (a versão testada). Elas custam respectivamente R$ 153.890 e R$ 171.390, ambas equipadas com motor 2.3 biturbo de 190 cv e 45,9 kgfm e câmbio de sete velocidades. Externamente, é uma pick-up que transmite confiança. Tem design moderno, e sua plataforma é a mesma base da Mercedes-Benz Classe X, que deve chegar por aqui em novembro, no Salão do Automóvel, que será realizado em São Paulo. O interior da Frontier é simples e lembra os outros carros da marca. Conta com central multimídia com entrada de CD, bluetooth, entradas USB, de cartão de memória e câmera de ré. O modelo vem com luzes de leitura em LED, faróis em xênon, ar-condicionado dual zone, chave presencial, partida no botão, bancos de couro com aquecimento e regulagem elétrica no assento do motorista, detalhes que proporcionam mais conforto aos ocupantes. Quando o assunto é rodar, a pick-up não decepciona: tem um sistema de suspensão digno de automóvel. Mesmo na cidade, com a caçamba vazia, a traseira é estável e chacoalha pouco. Na estrada de terra, a força do motor se mostra a partir das 2 mil rotações, onde o torque é entregue e cola o motorista no banco. Motor e câmbio conversam bem, entregando um dos melhores conjuntos de transmissão testados pela reportagem. Este entrosamento resulta em bons números de consumo: a Nissan Frontier chegou a fazer 15,1 km/l na rodovia e 10,9 km/l no uso misto (campo e cidade). Mas a pick-up deixa a desejar na questão de segurança, com apenas dois airbags.
Gostou? Compartilhe!