As vendas de carnes bovina e de frango devem crescer

4 de janeiro de 2019 2 mins. de leitura
Esta é a expectativa apontada no relatório do banco BTG para o segmento neste ano
Os dados de proteína animal do quarto trimestre de 2018 indicam que o setor, tanto na carne de frango quanto na bovina, terá um bom 2019, de acordo com relatório do BTG. O banco, no entanto, sinaliza uma preferência pela carne bovina por causa de “evidências mais fortes de um ciclo positivo”. O volume positivo de exportações indica ganhos de margem. A boa oferta de gado e um real desvalorizado também contribuem para a recomendação. Frango – Segundo o relatório, as empresas do ramo de carne de frango devem ter um bom desempenho nos próximos meses. O crescimento de 10,5% ao ano do volume de exportações apresentado em dezembro/2018, além do aumento de 1,6% nos preços em dólar no mesmo mês ante novembro/2018 melhoraram as perspectivas. Além disso, o custo estável dos insumos para rações – soja com ligeira queda e milho com ligeiro crescimento – também é um bom sinal. Carne bovina – O crescimento de 14% no volume das exportações em dezembro/2018 ante dezembro/2017 e de 23% nas vendas do 4tri18 em relação ao 4tri17 indicam um bom momento, segundo o relatório. Embora haja dados negativos, como a queda do preço da carne e um aumento no preço do gado, o BTG não os considera preocupantes, pois o mercado interno no fim de 2018 teve bom desempenho.
Gostou? Compartilhe!