Conheça o evento

Agricultura urbana no Brasil: funcionamento e benefícios

A prática se apresenta como uma ferramenta para levar mais alimentos à população

Agricultura urbana no Brasil: funcionamento e benefícios
09/09/2019 • 2 min. de leitura

O aumento da população urbana trouxe uma série de problemas quanto a alimentação, mobilidade, saúde e outros. No momento atual, em que temos uma crescente da degradação ambiental, que vai do aquecimento global à acentuada emissão de gases poluentes, é preciso ter meios que possibilitem diminuir o impacto da ação humana e garantir maior qualidade de vida para os habitantes. É pensando nessas questões que a prática da agricultura urbana se mostra cada vez mais atraente.

Com a necessidade crescente de suprir a demanda populacional e de buscar uma vida mais saudável, a agricultura assume um papel importante no mundo contemporâneo. Associada geralmente às áreas da zona rural, é difícil pensar sua utilização na área urbana em meio à selva de pedras e construções que dominam o espaço. Porém, a agricultura não é exclusividade do campo e vem se tornando presente em várias áreas das cidades, funcionando tanto em locais particulares, como quintais e terraços, quanto em locais públicos que não desempenhavam função social, geralmente sendo transformados em hortas comunitárias.

Além de ajudar a suprir a demanda populacional, o funcionamento da agricultura urbana traz diversos benefícios à população. Confira alguns.

Agricultura Urbana (Fonte: Agro em Dia/Reprodução)
(Fonte: Agro em Dia/Reprodução)

Possibilidades de renda

Principalmente em um momento de crise como o que vivemos hoje e com um número alto de desempregados, a agricultura urbana pode ser um meio de famílias conseguirem ter renda e produzirem para o autoconsumo.

Qualidade da alimentação

Com essa prática acontecendo dentro das cidades, o acesso da população a alimentos frescos aumenta, já que não existe a necessidade de longos deslocamentos, evitando a degradação dos produtos. Além disso, o cultivo mais próximo e o contato direto do consumidor com a produção do alimento evitam o uso exagerado de agrotóxicos, oferecendo opções muito mais saudáveis.

Meio ambiente

A agricultura também ajuda a purificar o meio ambiente, sem falar da própria paisagem, que deixa de ter o aspecto predominantemente cinza das cidades, principalmente das metrópoles.

Agricultura Urbana no Brasil (Fonte: Universo da TV/Reprodução)
(Fonte: Universo da TV/Reprodução)

Variedade de alimentos

Outro aspecto importante proporcionado pela agricultura urbana é a capacidade de aumentar o leque de opções com alimentos que não são encontrados nos mercados, como as Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs). Como uma parte considerável da agricultura é feita em larga escala e com um número reduzido de variedades, as Pancs aparecem como uma opção mais saudável e benéfica para a população, utilizando todo o seu potencial nutritivo (algumas plantas têm mais de 25% de proteína, além de serem ricas em vitaminas e minerais) para dar maior qualidade à alimentação e ser uma saída para quem não quer comer carne.

Com tantos benefícios oferecidos pela agricultura urbana, já é hora de haver mais incentivo nas comunidades, e de o Estado proporcionar suporte técnico e maior uso dos espaços públicos.

Curtiu o assunto? Reunimos especialistas e autoridades de diferentes áreas do setor de agronegócios. Para saber mais, é só clicar aqui.

Fonte: Embrapa, Guia da Agricultura Urbana, Agricultura Urbana.